24 de maio de 2009

Saudade

sau.da.de
sf (lat solitate)
1. Lembrança grata de pessoa ausente ou de alguma coisa de que nos vemos privados. 2. Pesar, mágoa que essa privação nos causa. 3. Bot. Suspiro (planta dipsacácea). 4. Nome dado no Brasil a várias plantas.

Uma vez, na aula de gramática do colégio, o professor disse que saudade era típico do brasileiro, pois não existe em mais nenhuma língua tal palavra.
O sentimento, espero, existe para todos.

Uma coisa é sentir falta, que é o que existe em todas as línguas. Mas outra é a saudade. Posso sentir falta de cheiro de bolo no forno ou das férias na praia com minha mãe na época que ainda usava maio extravagante com babados. Mas saudade não. Saudade é mais além. Saudade é algo que não dá para sentir quando alguém descreve. Saudade só entende quem sente.

Tenho sensações antagônicas quando sinto saudades de alguém.

Saudade para mim é ora suspiro ora lágrima.
Tenho recordações que me fazem dar um sonoro suspiro e quando abro os olhos sou capaz de sentir as sensações da época. Na pele. No coração.
Tenho recordações que de tão boas as lágrimas atropelam o suspiro e fazem doer. No coração. Na alma.
Um dos meus maiores medos é perder as recordações com o tempo. Medo que minha memória se distraia e perca o que me sobrou de pessoas que já partiram.

A saudade, as vezes, pode ser mais profunda que qualquer outro sentimento.
Pode tanto nos reconfortar como nos rasgar.
Nos preencher ou nos jogar no vazio.
A saudade é ora luz ora escuridão.

Tem gente que acredita que poderia morrer por causa do amor. Acho que eu morreria de saudade.
Provavelmente não literalmente, mas partes de mim, pouco a pouco.

Hoje meu coração está repleto de saudade, mas firme e inteiro por um fio.
Um fio de esperança de nunca esquecer quem realmente importa.

Hoje meu coração suspira e chora.

5 comentários:

  1. Saudade é um sentimento que deve trazer alegria pois é lembrar de algo que marcou uma época na sua vida

    ResponderExcluir
  2. Oi...te indiquei ao selo “Olha que blog legal” passa no meu e confere as regras lá.

    http://palavrasdevaneios.blogspot.com/

    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Na verdade é :) "Olha que blog maneiro". rs

    ResponderExcluir
  4. ha, a saudade =/ é tão ruim ficar longe de quem a gente ama. ela é uma boa companheira por pouco tempo, mas depois se torna cruel, faz o coração sangrar.

    ResponderExcluir
  5. fernanado miranda7 de julho de 2009 21:26

    perdi minha avó (que me criou) em 2001....a saudade é muita.....avó é a melhor "coisa" que Deus inventou...

    ResponderExcluir

Devaneie.